As lâmpadas de LED são um dos produtos que mais trazem benefícios para a iluminação da sua casa: econômicas e duradouras, elas são uma aquisição muito vantajosa para criar ambientes claros e amplos, e ainda reduzir o consumo de energia elétrica. Mas você sabe qual lâmpada de LED comprar para cada ambiente do seu lar?

Existem diferentes tipos de LED, que podem fazer toda a diferença na hora de planejar a decoração da sua casa. Por isso, não deixe de conferir o nosso post e escolher o modelo certo para cada situação!

Como escolher as lâmpadas?

As lâmpadas LED possuem quatro características principais, que devem fazer a diferença na hora da escolha: a potência, a voltagem, os tipos de conectores e a cor da luz. Veja, abaixo, o que cada uma dessas especialidades significa:

Potência

Na hora da compra, é importante lembrar que a potência das lâmpadas de LED é muito maior do que a de outros modelos.

Devido a isso, é importante lembrar que 1 Watt da LED equivale a 10 Watts da incandescente, dicróica ou halógena. Sendo assim, lembre-se que a LED de 5 watts pode iluminar tão bem o seu cômodo quanto uma lâmpada “comum” de 50 watts.

Voltagem

As lâmpadas LED estão disponíveis em 12, 110 ou 220 volts ou bivolt. Para escolher a voltagem certa para a sua casa, lembre-se de conferir qual é a tensão compatível com a rede elétrica da sua região.

Caso você tenha dúvidas em relação a isso, aposte nas LED bivolts, que funcionam tanto em redes com a voltagem 110 quanto nas de 220, que são as mais comuns em residências brasileiras.

Conectores

Os conectores das lâmpadas são o que permitem que você consiga utilizá-las sem maiores problemas no seu lustre, luminária ou spot. O modelo mais comum é o E27, que tem o formato de “rosca”, e é muito presente no mercado.

Além desse modelo, também existe o GU10, utilizado em luminárias mais modernas, o MR16 ou GU5.3, mais comum em spots de lâmpadas dicróicas e o E14, mais utilizado fora do país, que é indicado caso você queria comprar lustres ou luminárias importados.

Cor da luz

A cor da luz da lâmpada pode fazer a diferença no seu ambiente, e deve harmonizar com as cores que você escolheu para as paredes e os móveis. As LED estão disponíveis em praticamente qualquer cor, que vão desde as neutras, que emitem uma tonalidade que se assemelha à luz natural, até as coloridas, como verde, azul e vermelho.

Quais modelos são adequados ao meu ambiente?

O modelo de LED ideal para cada cômodo da sua casa deve ser escolhido separadamente, levando em consideração o grau de iluminação que você quer para aquela área, as cores do teto, paredes e móveis, e o tamanho do local.

Para os escritórios e a cozinha, as lâmpadas de alta potência e com luz branca são as mais indicadas, pois são capazes de deixar o ambiente claro e propício a atividades que exigem cuidado e atenção. Já para quartos, salas de TV e áreas de descanso, você pode escolher modelos com menor potência, e com cores mais neutras e quentes, que trazem a sensação de conforto e bem-estar, ideal para ambientes tranquilos.

Quantas lâmpadas são necessárias em cada cômodo? E como calcular?

A quantidade de lâmpadas vai depender exclusivamente da iluminação que você deseja para sua casa, do tamanho do ambiente e da potência da lâmpada. Uma dica para fazer o cálculo é considerar que cada metro quadrado do seu cômodo necessita de aproximadamente 16 watts para iluminá-lo. Por exemplo, se seu quarto tem 30 m², você precisa de 480 watts na sua iluminação.

Após fazer o cálculo, basta distribuir a potência necessária pelos diferentes lustres e luminárias que você vai utilizar, e levar isso em consideração na hora de escolher o modelo certo.

Saber qual lâmpada de LED comprar na hora de planejar a iluminação da sua casa é essencial na decoração do seu ambiente. Seguindo as dicas acima, você certamente conseguirá montar cômodos modernos, aconchegantes e iluminados!

Você gostou do conteúdo desse post? Então, não deixe de compartilhá-lo nas suas redes sociais para ajudar seus amigos na hora de escolher lâmpadas LED!

Share: